Archive for the ‘Uncategorized’ Category

h1

Condicionamento

maio 10, 2013

A gaiola mais difícil de escapar é aquela que não possue grades.

h1

Limite do Limite

fevereiro 28, 2012

Na província da mente, o que alguém acredita ser verdade, é verdade ou se torna verdade, dentro de certos limites encontrados experiencialmente e experimentalmente. Esses limites são crenças a serem transcedidas. Na mente, não existem limites.” – John C. Lilly

h1

Corda bamba

dezembro 20, 2011

A vida é uma corda bamba, entre dois prédios. Para cruzá-la, você precisa manter controle absoluto, qualquer coisa fora do planejado irá te derrubar.

Se for bem sucedido, chegará do outro lado, e terá outro prédio para alcançar.

Se perder o controle, cairá rumo ao desconhecido.

h1

Destino e livre-arbítrio

agosto 9, 2011

O livre arbítrio é diretamente proporcional ao nível de consciência. Comparado a outros animais, o ser humano tem um livre arbítrio enorme, mas ainda assim é algo muito pequeno comparado ao fator destino.

A expansão da consciência traz consigo uma expansão da liberdade, da livre escolha, apenas não esqueça que isso aumenta também a sua responsabilidade perante ao todo.

h1

Liberdade

julho 9, 2011

A liberdade acontece no momento em que você percebe que não tem nada a perder, pois na verdade, cedo ou tarde, irá perder tudo. Quando esta consciência estiver completamente integrada no dia a dia, somente então a verdadeira liberdade será experienciada. A liberdade eterna.

“Freedom is just another word for nothing left to loose” – Janis Joplin

h1

Bhavacakra

março 30, 2011

A inconsciência é a mãe de todos os vícios, a renovadora de todos os ciclos, a grande materializadora do samsara.

A inconsciência é temporal, sempre está relacionada ao passado, ou ao futuro.

Ser consciente, é estar completamente presente. É quando você sai do ciclo do tempo, e observa o seu desenrolar mental, seu ciclo de nascimento e morte.

Pratica isso, lembra cada vez mais desse estado, quebra cada vez mais esse ciclo. Então nada mais é preciso.

Bhavacakra

h1

Até daqui a pouco

dezembro 12, 2010

Mais uma reunião, pessoas com quem eu interajo… naqueles momentos não existe mais momento, o tempo desapareceu. Daqui a pouco já não é mais, fico me lembrando dos bons momentos, tentando revivê-los na minha mente.
Esquece, passou. Assim que é a vida, agora é, daqui a pouco já não é mais. A grande dificuldade, sinto tanta saudade.

Um dia vou te reencontrar e vamos rir ao relembrar dos momentos que passamos lado a lado. Então vou te dar um beijo na testa, e falar assim: “Você é pra sempre, até daqui a pouco”.